Energia solar para população de baixa renda


A ONG Revolusolar vem realizando um importante trabalho de inserção da energia fotovoltaica na Favela da Babilônia, no Rio de Janeiro. Graças à parceria com empresas do setor e ao acesso a microcrédito com juros baixos, 2 comércios e uma escola comunitária instalaram módulos e têm sua geração própria de energia.

O próximo passo da ONG será montar um modelo inédito de aluguel de sistemas fotovoltaicos acessível para baixa renda. “Cerca de 70% das famílias da favela pagam conta de luz e a energia fotovoltaica é hoje uma solução viável para esta faixa de renda”, explica Eduardo Avila, voluntário da ONG. Gostou de saber? Então compartilhe na sua Rede Social e ajude o setor a crescer com sustentabilidade.

Veja post na íntegra.


Uma resposta para “Energia solar para população de baixa renda”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.